domingo, 15 de março de 2015

Protesto contra Dilma reúne cerca de 15 pessoas em Garanhuns

Protesto contra Dilma em Garanhuns se concentrou no Relógio das Flores neste domingo
Foto - Walderia Santana

Um grupo com cerca de 15 pessoas se reuniu neste domingo, 15 de março, na Praça Tavares Correia onde se localiza o Relógio das Flores, para protestar contra o governo Dilma e contra a onda de corrupção que tomou conta da Petrobras.

Trajando vestes verde e amarela e carregado uma enorme bandeira do Brasil, os manifestantes se posicionaram contra a corrupção e contra a presidente Dilma de maneira pacífica e sem sectarismo. "O mais importante hoje em Garanhuns foi que não teve nenhum politico nenhum partido no grupo que lá estava. Fomos por não aceitar essa imundice que tá irrigada nesse sistema. Somos contra a CORRUPÇÃO o ROUBO, a FALTA DE VERGONHA. Não fazemos parte desse contexto de apoio ao roubo do dinheiro publico", disse Waldéria Santana, uma das participantes do protesto neste domingo em Garanhuns. Um dos presentes atribuiu o pouco quantitativo presente no Relógio das Flores a pouca divulgação. O evento estava sendo organizado pela internet através do Facebook

Protesto em Garanhuns teve até cachorro em verde amarelo
Foto - Walderia Santana

OUTRAS MANIFESTAÇÕES
Outras manifestações populares ocorreram durante todo o dia de hoje em 23 estados e no DF com destaque para São Paulo onde o protesto reuniu cerca de um milhão de pessoas na Avenida Paulista. No Recife, a CTTU estimou em 15 mil pessoas presentes, algumas pedindo o impeachment da presidente. Em Caruaru, 20 manifestantes gritaram palavras de ordem a favor da reforma política e do esclarecimento sobre o caso da Petrobras na Avenida Agamenon Magalhães. Em Brasília, a PM  estimou em 45 mil pessoas o número de pessoas que se concentraram na Praça dos Três Poderes.

De acordo com o portal UOL, cerca de um milhão  e meio de pessoas foram às ruas neste domingo  em todo Brasil para protestar. O Governo acompanhou com atenção e apreensão as manifestações populares e deve se pronunciar sobre o assunto ainda hoje através de um dos ministros da articulação política da presidente Dilma Roussef.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens ofensivas não serão publicadas.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
RSS Feedrss

 
Powered by Blogger