terça-feira, 24 de março de 2015

Ministério Público investiga suposta fraude em licitação na Câmara de Vereadores de Garanhuns


Caso teria ocorrido em 2003

“O Ministério Público de Pernambuco, através da 2ª Promotoria de Justiça de Defesa da Cidadania de Garanhuns, instaurou um inquérito para apurar suposta fraude em processo licitatório na Câmara de Vereadores de Garanhuns, no ano de 2003 em um contrato de 37 mil reais. Na ocasião, o presidente da Casa era o vereador Sivaldo Albino (PPS). O inquérito irá investigar as razões da empresa dada como participante e vencedora do certame “Lima e Silva Advogados e Consultores Associados”, informar não ter participado da licitação, nem ter prestado serviço, muito menos ter recebido nenhum valor referente a este processo licitatório, o que caracteriza fraude” . Ainda segundo o inquérito, Silvaldo Albino teve 10 dias para apresentar sua defesa ao MP, a contar da publicação da Portaria


Cópia da Portaria


Clique na imagem para melhor ampliá-la


 (Com informações de Magno Martins via Blog do Carlos Eugênio)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens ofensivas não serão publicadas.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
RSS Feedrss

 
Powered by Blogger